jump to navigation

A tecnologia e a umbanda julho 21, 2009

Posted by raizculturablog in Cultura & Massas.
Tags: , , ,
trackback

Por Rodrigo Queiroz

Síntese da preleção ministrada no dia 10/07/09 no ICA

Dia destes abri minha caixa postal de e-mail e uma mensagem com o título: “Veja isso!!!”, o remetente pedia que eu assistisse um vídeo no youtube para ver se aquilo era verdadeiro.

Abri o link enviado e me deparo com o vídeo de um médium incorporado por um Preto Velho, falando para um médio público se utilizando de um microfone num pedestal e por vezes ele olhava para a filmadora, logicamente querendo transmitir a sua mensagem para quem o assistisse posteriormente.

Entendi a indignação do remetente na referida mensagem, pois é incrivelmente comum constatarmos a idéia por parte de muitas pessoas de que é estranho ou mesmo inaceitável uma entidade espiritual se utilizar da tecnologia em suas manifestações. Como se isso fosse exclusividade dos encarnados e que se assim procedesse diminuiria a “pureza” ou “verdade” da manifestação mediúnica.

Perdoe-me estes “defensores” da “pureza mediúnica”, mas com todo respeito, penso que este comportamento é no mínimo uma falta de coerência num seguimento espiritualista como a Umbanda, que crê na evolução do espírito e que a evolução no plano físico se dá por influência e atuação do plano espiritual.

Percebo que este comportamento ainda é um reflexo da mania católica de afastar a ciência da religião, como se uma coisa não pudesse interagir com a outra.

Também vemos uma idéia instituída de que os guias espirituais são alienados sobre as coisas do mundo material. Por exemplo: um Caboclo não pode falar carro referente a automóveis. Ele, o Caboclo, para ser Caboclo, tem que criar uma metáfora, símbolos e coisa parecida para simplesmente dizer carro. Pois, diriam os “puristas”: “- Caboclo não conhece carro, este médium está mistificando!”

São por estes e muitos outros conceitos distorcidos sobre a relação Espírito x Matéria que a Umbanda vai sendo considerada atrasada…

Quando comecei minha trajetória mediúnica, por não encontrar nenhum tipo de estudos na cidade naquela época fui a um centro espírita tradicional e cursei um curso internacionalmente conhecido: “Espiritismo Científico” de Dr. Hernani Guimarães Andrade. Neste curso dentre tantos estudos desenvolvidos me fascinou o módulo: Transcomunicação Instrumental, onde tínhamos contato com um material impressionante, como: captação de voz de espíritos por telefone, captação de imagem dos espíritos pela televisão e outros fenômenos interessantíssimos. Logo, se a décadas atrás os espíritos se utilizavam de “tecnologias físicas” para provar a existência do mundo espiritual, qual é o problema de se utilizarem de tais ferramentas para multiplicarem suas mensagens?

Se um mentor espiritual está diante de uma grande multidão, ele não pode se utilizar de um microfone para se fazer compreendido? Têm-se televisão, rádio, internet, etc… não podem os espíritos se utilizarem destas ferramentas para multiplicarem suas mensagens?

Muitos acreditam que não, que isso é um “sacrilégio”.

Mas psicografia pode.

Acaso o papel e caneta não são frutos do desenvolvimento tecnológico?

A Umbanda não pode usar tais tecnologias, mas outras religiões podem!

Qual a diferença de um pastor pregando sua mensagem e de um preto velho transmitindo seus ensinamentos?

A Umbanda é uma religião mediúnica, ou seja, se caracteriza pela manifestação e comunicação dos espíritos. Aprendi que são os espíritos que ditam a evolução no plano físico e se é assim não existe nada de estranho numa entidade comunicando-se através das várias ferramentas que podemos ofertar.

Claro que para tudo é necessário o bom senso…

Portanto, não vamos permitir que a nossa falta de compreensão sobre a atuação da espiritualidade, vire um impedimento para o seu desenvolvimento.

E respondendo aquele e-mail, digo que não há nada de anormal e é perfeitamente legítimo um espírito permitir ser filmado ou sua voz gravada em prol da expansão de sua mensagem.

Que chegue o momento que possamos transmitir em rede televisiva giras de Umbanda, como fazem com missas e cultos.

Abaixo deixo algumas dicas de leitura e pesquisas, tirem vossas conclusões.

O ICA – Instituto Cultural Aruanda desde sua fundação tem compromisso com a união da tecnologia e espiritualidade e desde então temos a TVUS – TV Umbanda Sagrada, Rádio Umbanda Sagrada, Umbanda EAD – Ensino à distância, etc. E tudo isso, por iniciativa e solicitação dos mentores espirituais.

Pensemos nisso e deixe a evolução acontecer!

Sarava Umbanda!

Dicas:

ICA

www.ica.org.br (TV, Rádio, Blog, Colégio EAD)

Links

www.radionovapalavra.com.br. (podcast com Preto Velho)

www.tvespiritualista.com.br

www.tvsu.com.br

www.soi.org.br

Dr. Hernani Guimarães Andrade

• Novos Rumos à Experimentação Espirítica, Edição do Autor.

• Psi Quântico (Uma Extensão dos Conceitos Quânticos e Atômicos à Idéia do Espírito), Editora Pensamento; reeditado em 2001 pela Casa Editora Espírita Pierre-Paul Didier.

• Poltergeist (Algumas de Suas Ocorrências no Brasil), Editora Pensamento.

• Transcomunicação Instrumental – TCI (pseudônimo Karl W. Goldstein), Editora Jornalística FE.

• A Transcomunicação Através dos Tempos, Editora Jornalística FE.

Anúncios

Comentários»

1. Valéria Aguiar Cunha - julho 23, 2009

Estou inteiramente de acordo com a sua colocação.
Seria uma imbecilidade de nossa parte achar que nossos guias ñ tem acesso as conquistas tecnológicas do homem, alias as idéias que surgem nos grandes cientistas são proveniente de, alem de suas próprias mentes , como também das mentes supra físicas que trabalham em favor do avanço da humanidade, Assim como para o lado negro também, Vide os livros Aruanda, Legião, etc…
A pouco tempo um irmão de fé me contou que ficou pasmo quando um preto velho o aconselhou a colocar seu currículum na internet já que ele foi pedir ajuda para conseguirum emprego, insinuando que o médium estava mistificando. É por essas e outras que cada vez mais sefaz necessário ao médium umbandista o esclarecimento em todos os níveis e mnão somente sobre ritualistica e a cultura umbandista.
Tudo cresce, evolui, movimenta-se, aquele que parar morre. Com as religiões também é assim.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: