jump to navigation

mediunidade & umbanda setembro 22, 2008

Posted by raizculturablog in Mediunidade.
Tags: , , , , , , , ,
trackback

Toda a pessoa que escuta es­ta frase: “Você tem que vestir bran­co, e precisa de­sen­volver a sua mediuni­dade”. Pronto! Aí vem o medo e ao mesmo tempo a ansiedade, imagi­nando-se vestido de branco e já incorporando “seus guias”, ele julga que após poucas semanas já estará apto a “trabalhar” dando “consulta”… Será que é só colocar o médium “novo” no meio da gira e girar? Ou será que ele precisa primeiro de atenção, carinho, ajuda e esclareci­mento neste mo­mento único e delicado de transição dos seus valores reli­gio­sos, e principalmente de doutrina, acres­cido de tempo e humildade de ambos os lados, seja do dirigente para com o filho pequeno (que nasce para a espiritua­lidade) e precisa ser cuidado com amor. Ou por parte do filho que precisa de conhecimento e isto só é con­seguido através do estudo, movido pela paciên­cia, humildade e fé, pois só assim con­seguirá de fato ser um filho de fé da Umbanda Sagrada. Como as giras de desenvolvimento fazem parte deste processo mediúnico comentarei sobre os recursos rituais: atabaques, cantos, defumações, dan­ças, roupa branca, etc…

Defumações: descarregam o cam­po mediúnico e sutilizam suas vibra­ções, tornando-o receptivo às energias de ordem positiva. Ela é essencial para qualquer tra­ba­lho num terreiro, pois certas cargas se juntam (agregam) ao nosso corpo astral durante nossa vivência cotidiana, ou seja, pensamentos e ambientes de vi­bração pesada, rancores, preocupa­ções, pen­samentos negativos, etc, tu­do isso produz (ou atrai) certas formas-pensamento que se aderem ao nosso campo eletromag­nético, bloqueando trans­missões energéticas. Pois bem, a defumação tem o poder de desagregar estas cargas, através dos elementos ar, fogo e vegetal que a compõe, pois interpenetra o campo as­tral, mental e a aura, tornando-os no­va­mente “libertos” de tal peso para pro­duzirem seu funcionamento normal.

Palmas: Se cadenciadas e ritma­das, criam um amplo campo sonoro cujas vibrações agudas alcançam o centro da percepção localizada no mental dos médiuns. Com isso, os predispõem a vi­brarem orde­nadamente, facilitando o tra­balho de reajus­tamento de seus pa­drões magnéticos.

Cantos: a Umbanda recorre aos can­­tos ritmados que atuam sobre al­guns ple­xos, que reagem aumen­tando a velo­cidade de seus giros. Com isso, cap­tam muito mais energias etéricas, que sutilizam rapidamente todo o campo mediúnico, facilitando a incorporação. Os pontos can­tados são uma das primeiras coisas que afloram a quem vai a um ter­reiro de Um­ban­da pela pri­mei­ra vez. Os pontos canta­dos são, den­tro dos ri­­tuais, um dos aspec­tos mais im­por­tantes para se efetuar uma boa gira. São louvações e orações canta­das, para chegada dos Orixás e guias, tam­bém para descarga e limpeza fluí­dica, bem como para a subida dos Orixás e guias. Um verdadeiro ponto cantado nos atin­ge lá den­tro do coração e da emo­ção, nos trazendo paz, fé, pela pureza e firmeza desses pontos maravilhosos.

Atabaque: As vibrações sonoras têm o poder de adormecer o emocional, estimulando a sensibilidade, modifi­can­do as irradiações energéticas, atuando sobre o padrão vibratório do médium, após esta mudança o mentor aproveita esta facilidade e adentra no campo ele­tromagnético, igualando-se ao padrão e fixando-o no mental de seu médium, direcionadamente. Em pouco tempo o médium, entra em sintonia magnética para a incor­poração. Existem vários tipos de toques: • suaves e cadenciados (renovação afetiva e amorosa); • vibrantes (descarrega); • sons alegres (predispostos ao bom humor) .

Danças: A Umbanda recorrem às “danças ri­tuais” pois, durante seu transcorrer, os médiuns se desligam de tudo e se concentram intensamente numa ação onde o movimento cadenciado facilita seu en­volvimento mediúnico. Nas “giras” (danças rituais), as vibrações médium-mentor se ligam de tal forma, que o espírito do médium fica adormecido, já que é paralisado momentanea­mente. No princípio, o médium sente ton­turas ou enjôos, mas estas reações cessam se a entrega for total e não houver tentativa de comandar os movi­mentos, já que seu mentor quem o comandará. Nada é por acaso. Se o ritual de Umbanda optou pelo uso de atabaques, cantos e danças ritual, há todo um comando pelos senhores do alto dando amparo e sustentação.

Roupa Branca: O branco é a cor de Oxalá, que é o regente da Fé, da religiosidade dos seres da pureza, da humildade, da benevolência, da paciência da fraternidade da união e da caridade… O simbolismo da veste branca é bem visível, além de permitir uma uniformidade na apresentação do corpo mediúnico. Mas, se alguém se veste de branco e assume o grau de médium, dele também se exige que purifique seu íntimo, reformule seus conceitos a respeito da religiosidade e porte-se de acordo com o que dele esperam os Orixás Sagrados, pois estes que o ampararão daí em diante. O fato é que a Umbanda como uma religião possui seus próprios rituais ,suas próprias característica, e suas práticas.

Desenvolver a mediunidade não significa dar algo a quem não está habilitado para recebê-lo, mas sim, em habilitar alguém a assumir conscientemente o dom com o qual foi ungido.
Saravá Umbanda!

MÔNICA BEREZUTCHI

Anúncios

Comentários»

1. marcelo dias arruda - janeiro 17, 2009

oi tenho uma duvida .a um ano estou na umbanda participando das giras mais na umbanda ainda nao encorporei neh uma vez so radiei uma vez e em casa sem eu querer ja encorporei trez veses porque isso? e como faço para melhorar minha encorporaçao e encorporar nas giras?

raizculturablog - janeiro 17, 2009

Caro amigo…
Essas perguntas voce deve recorrer ao pai da casa.
Dependendo da casa tem uma politica diferente..
Não se esqueça para trabalhar sua mediunidade com muito amor e caridade.
Um grande abraço
Equipe Umbanda Arquivo.

2. kleber silva - março 16, 2009

obrigado!

3. Leandro - outubro 27, 2009

Caro amigos agradesço desde de ja a oportunidade de poder converçar com voces..
tenho uma grnade duvida e queria poder contar com a ajuda de voces para que eu pudesce resolver essa questao sobre a mediunidade..
tenho 22 anos.. e minha mae possue o dom da mediunidade porem é inexperiente e prefere nao continuar em frente.. tem acontecido coisas comigo tbm e queria pedir ajuda a vcs pra poder entender mais sobre a minha mediunidade… entender, saber o que fazer.. e como fazer…

espero poder contar com a ajuda de vcs..

um grande abraço..

4. ROSILENE I.S.GUIMARÃES - novembro 11, 2009

COMO O IRMÃO DA PERGUNTA ACIMA,EU TBM FREQUENTO UM TEMPLO UMBANDISTA,E TBM VENHO SENTINDO VIBRAÇÕES,NUNCA ENCORPOREI APESAR DA ENTIDADE COM A QUAL ME CONSULTO DIZER PRA QUE EU DEIXE A ENTIDADE CHEGAR,PORÉM ACREDITO EU,QUE DEVERIA TER UM PREPARO,POIS ME DEIXA ASSUSTADA,TENHO MEDO DE ENCORPORAR EM OUTRO LUGAR Q NÃO SEJA O TERREIRO.AMO ESTAR LÁ,E ME IDENTIFICO MUITO COM OS PRINCIPIOS UMBANDISTA.E SEI Q ESTOU COM MINHA MEDIUNIDADE BEM AFLORADA,TENHO PEDIDO A TODOS OS ORIXÁS Q ME PROTEJAM E ELEVEM O MEU LADO ESPIRITUAL NOS CAMINHOS DO BEM E DA CARIDADE.
GRATA PELA ATENÇÃO.

raizculturablog - novembro 22, 2009

Fique atenta! antes de tudo tenha a orientacao do chefe do terreiro!

5. iara lucas gonçalves de freitas - outubro 29, 2010

ola,me chamo iara gostei muito dos comentario e me dou a liberdade de pergunta se puder me responder .quais sao os meus guias de frente.meu nome, e iara lucas gonçalves ,so que sou casada e tem o freitas,14041966. obrigado pela atençao beijos a todos……………………………..

6. diana - junho 24, 2011

diana rio de janeiro eu sou media eu estou em desevovimento e dificio eu naõ tou sem mais eu aquedito no meus orixais que eu vol vencer

7. wenderson - fevereiro 21, 2014

ola eu so wenderson to en desenvolvimento mas nao consigo Me concentra Pra recebe meu guia o que eu Posso fazer.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: